O mundo em uma taças

Dê-me uma taça com um pouco de vinho, que


viajarei pelo mundo através de seus goles.






sexta-feira, 1 de junho de 2012

José de Souza Vinho Regional Alentejano 2010

Um dos vinhos da seleção de abril do clube wine, fabricado pela gigante José Maria da Fonseca, em Alentejo (Portugal). Elaborado à partir de uvas Grand noir, Trincadeira e Aragonês, 30% do vinho passa 3 meses por carvalho francês e americano. Como se vê, é uma mistureba danada de uvas e carvalho, passando a impressão de ser um vinho de sobras e sem maiores pretensões, à não ser abocanhar o faminto mercado brasileiro, sedento por produtos novos e que vêm cercados de muito marketing (especialidade da wine), cuidado clube wine! Para quem não estava esperando muito, até que o vinho surpreendeu! Coloração vermelho púrprua com reflexos violáceos e muita juventude. Lágrimas grossas e belas manchas na taça completam o bom conjunto visual deste jovem vinho. Os aromas não se escondem e mostram um vinho tipicamente alentejano, com frutas vermelhas bem maduras, terroso, violetas e madeira bem aparente, apesar do pouco estágio por barricas. É bem ao estilo Novo Mundo e vai agradar bastante o público em geral. Na boca, tem acidez correta, bons taninos, bom corpo e álcool que incomoda no começo. Tem boa persistência e retrogosto agradável. O vinho é bom sim, não tem nada de excepcional, mas cumpre seu papel. Não deve evoluir com o tempo, pois não foi feito para isso, portanto, beba já! É correto, mas apresenta um problema: tem fortes concorrentes no mercado, de igual qualidade e mais baratos. Custa um pouco mais do que deveria. Preço: R$ 49,00. Nota 88 pontos. Avaliação custo-benefício **.

Um comentário:

  1. Também sou consumidor das seleções do ClubeW, da Wine, e ando preocupado. Já reduzi minha assinatura para duas garrafas, e o próximo passo parece que deverá ser mesmo "a fuga". Minhas impressões sobre esse José de Souza foram muito parecidas com as suas. Ao preço regular ele passa a ser um mico. Estou curioso para ver suas anotações sobre o outro vinho da seleção de abril, o Domini.
    Abraço.

    ResponderExcluir